Os Jogos dos Idosos nasceram no início de 1994, como “Caros Coroas”, realizado no Ginásio do Ibirapuera, na capital paulista, como meio de proporcionar aos participantes a socialização e integração em competições saudáveis, buscando sua superação. O evento foi idealizado em uma parceria entre Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo (hoje Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude) com o Fundo Social de Solidariedade.

Com o sucesso do primeiro evento, no ano seguinte (1995), já como Jogos Regionais do Idoso – JORI – outra competição foi marcada. Na época, a idade mínima dos participantes era de 55 anos, passando a 60 anos em 1998, mesmo período em que começaram a ser realizados, como meio classificatório, os Jogos Estaduais do Idoso – JEI - , atualmente Jogos Abertos do Idoso – JAI. 

Os participantes, de ambos os sexos, disputam diferentes modalidades: atletismo, bocha, buraco, coreografia, damas, dança de salão, dominó, malha, natação, truco, tênis, tênis de mesa, voleibol adaptado e xadrez.

A disputa do JORI passou por vários municípios paulistas para valorizar e estimular a prática esportiva, fator de promoção de saúde e bem-estar, resgatando a autoestima do idoso, motivando-o ao convívio social. A organização é feita pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Fundo Social de Solidariedade do Estado, Secretaria de Desenvolvimento Social, Secretaria da Educação e Secretaria da Saúde. 

A 21ª edição do JORI será realizada em Bebedouro, de 20 a 24 de setembro, dentro da 5ª Região Esportiva, com a participação de cerca de 60 municípios e 2.500 idosos.

- Boletim
- Inscrições e outras informações
- Locais de competição
- Locais de alojamento
- Programação
- Avisos
- Regulamento
- Notícias







Mais nesta categoria: Notícias sobre o Jori »

Fale com o JORI


Submit

Quantos online

Temos 211 visitantes e Nenhum membro online