Quarta, 27 Março 2019 08:48

Fundo Social de Bebedouro participa de reunião em São Paulo para apresentação de atividades de 2019

Escrito por

450 primeiras damas do Estado de São Paulo participaram do evento

A Prefeitura de Bebedouro, por meio do Fundo Social de Solidariedade (FSS), participou da primeira reunião de apresentação do Fundo Social de São Paulo (FUSSP). O evento foi realizado na segunda-feira (25/03), no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo.

O presidente executivo do FUSSP, Filipe Sabará, que terá a responsabilidade da visão técnica, já iniciou os trabalhos que abrangerão novos cursos com maior carga horária e conteúdo com as demandas do mercado. Tendo como foco a geração de renda e autonomia. Além dessa reestruturação o FUSSP, iniciará a Escola de Informática e Computação, estimulando parcerias com o setor privado.

A primeira dama e presidente do Conselho do Fundo, Bia Dória, ressaltou a dinâmica jovem e moderna que caracteriza a nova equipe do Fundo Social. “O Fundo Social vai se modernizar, nós vamos dar sequência a tudo que já existia, mas com um toque de João Doria. Nossa equipe é formada por uma galera jovem, dinâmica e com mentalidade moderna para fazer nosso Estado ser o número um do Brasil”, disse a Primeira Dama do Estado.

O governador do Estado de São Paulo, João Dória, participou da aprensentação. “Estamos promovendo uma grande inovação nesta área, que passa a focar na conquista da autonomia para a população mais vulnerável por meio de qualificação profissional, geração de empregos e empreendedorismo”, comenta o governador.

A secretária do FS de Bebedouro, Talita Ferrari, participou do evento representando a primeira dama e presidente do Fundo Social, Aline Galvão. “A presidente do Fundo Social, Aline juntamente com o prefeito, Fernando Galvão, vem empreendendo esforços para melhorar ainda mais a qualidade de vida da população. E os cursos oferecidos vêm gerando resultados extremamente positivos” ressalta a secretária.

O Fundo desenvolve projetos visando melhorar a qualidade de vida dos segmentos mais carentes da população e possibilita o acesso de pessoas em vulnerabilidade social aos cursos de capacitação, nas áreas de moda, beleza, gastronomia, informática e bioconstrução.

Nessa nova gestão, o Fundo Social deixou de ser assistencialista para fomentar autonomia e renda, suas ações estão sendo reestruturadas e adequadas a um novo modelo, mais eficaz e alinhado com as demandas do mercado de trabalho.



Lido 375 vezes

Quantos online

Temos 160 visitantes e Nenhum membro online