Sidebar

08
Qui, Dez
Terça, 30 Agosto 2022 16:00

Atividades do ‘Agosto Lilás’ envolvem população

Escrito por

Programação reforça os 16 anos da implantação da Lei Maria da Penha no país

As ações que reforçam a importância do combate à violência contra as mulheres continuam. A Prefeitura e parceiros realizaram palestras, debates, reuniões, oficinas e lançaram o APP Assistência à vítima de violência doméstica. 

“Estamos muito felizes com o andamento das atividades, que mobilizando diversos segmentos da sociedade. Estamos conseguindo interagir com quem realmente necessita, mas é importante frisar que o trabalho não pode parar até que essa cultura de violência seja eliminada”, disse a diretora do Departamento de Promoção e Assistência Social, Elaine Lucas.

Para o combate efetivo da violência contra as mulheres o município conta com serviços oferecidos pelo Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), Patrulha Maria da Penha e todos os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).

CRAM - É um espaço destinado a prestar acolhimento e atendimento às mulheres em situação de violência, que vem encaminhadas através da UPA, DDM, UBS ou espontaneamente. Proporciona acolhimento com a assistente social, atendimento psicológico, orientação e encaminhamento jurídico. Ele fica localizado na Avenida Amélia Bernardini Cutrale, 2600 Residencial San Conrado, ao lado da Casa dos Conselhos. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Patrulha Maria da Penha - Acompanha mulheres que possuem medida protetiva de urgência. Já foram realizadas sete prisões por descumprimento de medida. E seis prisões por violência doméstica. É mantida em parceria com a OAB, Poder Judiciário, Ministério Público, CRAM, Promoção social, Polícia Civil e Saúde.

CRAS - são unidades públicas de atendimento à população, oferece serviços de Assistência Social como Cadastro Único; orientação sobre os benefícios sociais; orientação sobre direitos; apoio para resolver dificuldades de convívio e de cuidados com os filhos; fortalecimento a convivência com a família e com a comunidade; acesso a serviços, benefícios e projetos de assistência social; apoio e orientação sobre o que fazer em casos de violência doméstica e orientação sobre outros serviços públicos.

Confira a programação:

Quarta-feira (31), às 8h30
Oficina de artesanato de Idosos
Local: CRAS Oeste

Mais informações de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, pelos telefones (17) 3342-1202/ 3342- 1252 (Promoção Social); (17) 3343-6157 (CRAM) e emergências 153/199 (GCM).



Lido 108 vezes

Quantos online

Temos 403 visitantes e Nenhum membro online