Terça, 17 Dezembro 2013 15:46

Realizado o sorteio de 421 casas populares em Bebedouro

Escrito por

A Prefeitura Municipal de Bebedouro realizou no domingo (15), o sorteio das 421 casas do Conjunto Habitacional Jardim Itália. O sorteio aconteceu no barracão da Festa da Unidade, na FECCIB Velha, e teve início às 9 horas da manhã, estendendo-se até as 22:30H.

Durante o evento, o prefeito municipal, Fernando Galvão, nomeou Mário Pereira de Sá, como o novo Diretor do Departamento de Habitação de Bebedouro. Sá, afirma que o sorteio das chaves das casas está previsto para o final de fevereiro, ou início de março de 2014.

O prefeito esteve acompanhado da primeira dama, Aline Galvão, e também do vice prefeito, Romulo Camelini, e sua esposa, Luciane Camelini.

Antônio Kazuo Yanata, 63 anos, eletricista, divorciado, veio acompanhado da filha Márcia Regina, e mora em uma casa de três cômodos, pagando atualmente R$ 250,00 de aluguel. Yanata afirma estar muito feliz com a conquista, e diz que quer mudar logo para a sua nova casa.

Rosemeire Gomes da Silva Castro veio representando sua mãe, Elídia, que está em recuperação após realizar uma cirurgia. Elídia é viúva, tem 71 anos e há mais de 60 mora em uma casa de aluguel de cinco cômodos, onde paga a quantia de R$ 550,00. Há dias está orando para ser sorteada.

Letícia Pimenta Neves Kobal é cadeirante, tem 14 anos e enviou sua mãe, Daniela Pimenta Neves, para lhe representar. Letícia mora com os avós, seus cinco irmãos e cinco tios.  Acordaram ansiosas e com muita fé. A mãe, muito emocionada, disse que nunca vai desistir de lutar.

Flordinice Santos é deficiente visual do olho esquerdo, tem 53 anos, mora de aluguel e paga R$ 200,00. Ansiosa, acordou às 4 horas da manhã dizendo ter esperança de ser sorteada. “Deus colocou um homem que age aqui em Bebedouro”, diz ela, referindo-se ao prefeito Fernando Galvão.

Andréia Aparecida Rasteira tem 39 anos e duas filhas deficientes, Natiele Bruna Silvestre e Fernanda Carla Silvestre. Mora de aluguel e estava muito feliz por ter conquistado esta casa para suas crianças.

Nádia Lucia Ribeiro tem 35 anos e estava emocionada, pois há tempos estava sem esperança de ganhar sua casa própria. Mora em local de risco, com sua casa desmoronando e está desempregada, além de ter sua mãe internada no hospital, e três filhos para cuidar sozinha.

No mês de agosto do ano que vem, serão abertas as inscrições para o Processo de Seleção das 526 casas do Conjunto Habitacional Pedro Paschoal 2.

 

 

Lido 5581 vezes Última modificação em Terça, 17 Dezembro 2013 17:53

Quantos online

Temos 169 visitantes e Nenhum membro online